Resultado de enquete sobre as marcas da Copa do Mundo

 

Esta pesquisa foi realizada no site www.mktesportivo.cjb.net ,com o intúito de analisar a percepção dos patrocinadores oficiais da Copa do Mundo de 2002. Os resultados não são representativos da sociedade em geral, e apenas afere a percepção dos internautas que acessaram o site entre junho e agosto de 2002.

Utilizou-se todos os patrocinadores oficiais da Copa do Mundo, não os patrocinadores de cada seleção, como a Nike que é parceira da seleção brasileira.

Portanto, através desta pesquisa pudemos comparar, de certa forma, o retorno diferenciado para cada marca.

Quais marcas mais se identificam com a Copa do Mundo?

Adidas 24,45% (437 votos)

Coca-cola 25,41% (454 votos)

Toshiba 3,64% (65 votos)

McDonalds 6,44% (115 votos)

Gillete 6,32% (113 votos)

Phillips 4,70% (84 votos)

Fuji 5,04% (90 votos)

JVC 3,19% (57 votos)

MasterCard 10,63% (190 votos)

Budweiser 2,69% (48 votos)

Yahoo! 3,53% (63 votos)

Hyundai 2,01% (36 votos)

Xerox 1,96% (35 votos)

Total: 1787 votos

Ao analisar os resultados detectamos que os mais votados são os patrocinadores mais tradicionais, como a Coca-cola (25,4%), a Adidas(24,5%) e o Mastercard (10,6%). Além desta marcas terem uma tradição patrocinando eventos esportivos, o investimento em mídia foi muito grande, garantindo as primeiras colocações nesta enquete.

Num nível menor de percepção, estão o McDonalds(6,4%), a Gillete(6,3%). A Gillete é um investidor tradicional do esporte, apesar de não ter investido tanto em promoção, conseguiu um retorno parecido ao do McDonalds. Esta rede de fast-food, também tem um histórico de investimento no esporte, além de ter feito promoções como a dos Sanduiches da Copa.

A Fuji (5%), a Phillips (4,7%), a Toshiba (3,6%), o Yahoo (3,5%) e a JVC (3,19%), tiveram um retorno ligeiramente inferior as outras. Isto pode ser reflexo da falta de investimento em promoção, apesar da Phillips ter usado o técnico da seleção brasileira para endossar seu produto.

A Budweiser (2,7%), a Hyundai (2%) e a Xerox (1,9%) ficaram com os postos de menor percepção entre os internautas. Possivelmente, isto ocorreu por serem marcas menos reconhecidas no Brasil se comparadas a outras patrocinadoras. A Hyunday, ainda se utilizou de mídia inspirada na Copa do Mundo para aumentar sua percepção.