Record volta a apostar no futebol

Jornal da Tarde 31/10/2001

São Paulo - Após alguns anos longe dos gramados, a Record tenta retomar espaço nas transmissões do futebol. Um dos passos nessa direção é a contratação do jornalista esportivo Milton Neves, ainda em negociação. Além de comandar eventos e um programa esportivo, Neves levaria, de quebra, a coordenação do departamento esportivo da casa.

O jornalista confirma o convite da Record, mas diz que muitas coisas, como o seu horário de trabalho na emissora, ainda não foram acertados. Ele também analisa uma proposta para ficar na Band.

Outras apostas da Record nesse campo são o interesse em fazer parceria com a Traffic, empresa de marketing esportivo que está se desligando da Band, e, claro, a Copa do Mundo.

A Globo, que pagou US$ 120 milhões pelos direitos exclusivos da Copa de 2002, já negocia repassar a transmissão à Record. Mas falta consenso de valores. "É claro que temos interesse na Copa, o problema é o preço que estão pedindo. Até então, nem se vendermos todas as cotas de patrocínio possíveis o evento se pagaria", diz o diretor de Novos Negócios da Record, Marcus Vinicíus Chisco.

Keila Jimenez