Acordo com Adidas torna Bayern de Munique o mais rico do mundo

Um acordo com a transnacional de materiais esportivos Adidas vai fazer do Bayern de Munique o time mais milionário do mundo.

A empresa comunicou hoje que irá comprar 10% das ações do clube alemão, avaliando o Bayern em US$ 692,5 milhões, o que supera a quantia estimada para o Manchester United, clube que detém o título de mais caro da atualidade.

A Adidas disse que o acordo vai permitir à empresa adquirir experiência em marketing esportivo e direitos de televisão _ áreas que vê com interesse.

O Manchester United, do qual o grupo de TV de Rupert Murdoch, BSkyB, possui uma participação de 9,99 por cento, é atualmente a equipe de futebol mais cara da Europa, com uma capitalização de marketing de US$ 528 milhões.

Oferta da Adidas faz do Bayern o time mais valorizado do mundo
DA REDAÇÃO

A multinacional de materiais esportivos Adidas anunciou ontem a compra de 10% do alemão Bayern de Munique. Com isso, ele se tornará o clube mais valorizado do mundo, ao passar a ter o valor aproximado de US$ 692,5 milhões, superando o Manchester United, associado à Nike.
O clube inglês, atualmente o time europeu de maior valor, tem 9,99% de suas ações nas mãos do grupo controlado pelo milionário australiano Rupert Murdoch.
Caso o negócio envolvendo a compra pelo valor de US$ 1,03 bilhão do Manchester pela British Sky Broadcasting (BSkyB), rede de TV a cabo controlada por Murdoch, tivesse sido materializado em 1998, o time inglês teria mantido a supremacia nos valores.
Segundo o analista econômico Robin Stalker, o negócio envolvendo a Adidas e o Bayern vai diminuir os ganhos da multinacional em 2% a curto prazo, mas que essa deficiência, no futuro, será compensada por um aumento nos lucros que devem ser registrados pelo time de Munique. A Adidas informou que o clube alemão abrirá suas ações ao mercado.
A intenção da Adidas no negócio com o Bayern de Munique, atual campeão europeu e alemão, seria adquirir experiência nas áreas de marketing esportivo e direitos de televisão.
A Adidas, também alemã, é a segunda empresa do mundo no ramo de materiais esportivos.
A expansão da empresa tem como alvo o mercado asiático e a Copa do Mundo de 2006.
""O Bayern é o time mais "quente" na Europa, e quem sabe no mundo, hoje. Queremos estender sua popularidade e exposição à mídia ao máximo", disse Herbert Hainer, da Adidas, aludindo a um possível aumento de lucros nos EUA e na Ásia. ""Essa é uma excelente oportunidade para testar essa nova área de negócios."