Homem de marketing aprova americanos na Libertadores

DANIEL LEAL E LEO BURLÁ
Publicada em 03/11/2010

Lancenet.com.br

César Sbrighi lista vantagens com a possibilidade da inclusão

A notícia de que Nicolás Leoz, presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), pretende trazer times norte-americanos para a disputa da Copa Libertadores foi bem avaliada por César Sbrighi, especialista em marketing esportivo.

Atento ao mercado, Sbrighi crê que os Estados Unidos devem ser melhor explorados. Ele apontou o enorme investimento em marketing que há nas terras do Tio Sam. Para ilustrar sua tese, ilustrou a presença de todos as grandes investidoras no esporte nos EUA.

- Eles veriam que futebol não se resume às Copas do Mundo, eles passariam a conhecer os nossos clubes. A exposição para patrocinadores também seria fantástica - listou Sbrighi.

Os direitos de televisão também foram citados. De acordo com o especialista, a enorme concorrência faz com que estes valores sejam sempre muito elevados, o que geraria maior receita para os participantes da Libertadores.

Além dos benefícios financeiros há a questão da migração cada vez maior de astros para a disputa da Major League Soccer (MLS). Atualmente, o torneio conta com a presença do francês Thierry Henry, do inglês David Beckham e do mexicano Rafa Márquez.