Santos FC e Panasonic renovam a parceria entre as marcas para 2006


18/12/2005 - Aldo Neto - santosfc.com.br

O Santos Futebol Clube acaba de fechar um novo contrato de parceria com a Panasonic, uma das empresas líderes do setor de equipamentos eletrônicos no mundo. A multinacional, que patrocinou o clube durante toda a temporada 2005, vai estender a parceria com o Peixe por mais um ano, estampando sua marca na camisa da equipe principal até o final de 2006.

Além disso, a empresa pretende participar de outras ações de marketing em conjunto com o clube, como já fez em 2005, bem como promoções no website oficial do clube.

Para o gerente de marketing da Panasonic, Ricardo Katsumi Uotani, a relação de parceria entre sua empresa e o Santos desenvolveu-se muito bem em 2005. "Nossa relação com o Santos é das melhores possíveis. O Santos tem projetos a longo, médio e curto prazo que encantam a Panasonic. Se depender da intenção da empresa, essa é uma parceria que deve pérdurar por muitas temporadas".

O presidente da Panasonic, Masanobu Matsuda, concorda com a opinião de Uotani e acrescenta mais. "A união da marca Panasonic a marca Santos FC em 2005 teve repercussão mundial. Duas potências mundiais juntas em um propósito desportivo é algo grandioso e importante, não só para o Santos e para a Panasonic, mas como para o futebol brasileiro e até mesmo mundial. Temos projetos juntos, pois o Santos é igual a Panasonic, são marcas que pensam grande".

Para a BSB Marketing Esportivo, empresa que intermediou a negociação representada pelo seu diretor Eduardo Rezende, a continuidade da parceria é importante para ambas as marcas. "Os números mostram que a união Panasonic e Santos FC foi um sucesso de marketing esportivo. A continuidade dessa união será importante para a manutenção deste sucesso dentro e fora das quatros linhas", disse Rezende.

O gerente-executivo do Santos FC, Dagoberto Fernando dos Santos, que respondeu pelos interesses do clube na renovação, disse que a continuidade da Panasonic como parceira do clube é importante para a valorização da marca. "A continuidade mostra que o parceiro está feliz com a união. Solidificar a união de duas marcas através do esporte é uma estratégia de marketing que atende a ambos os lados. Por isso, a permanência da Panasonic mostra que a empresa confia no projeto do Santos FC para os próximos anos".

O presidente do Santos FC, Marcelo Teixeira, disse estar feliz em continuar com a parceria com a Panasonic. "Fiquei muito contente com a renovação de nossa parceria com a Panasonic, pois é uma parceria de sucesso. Os valores propostos nessa renovação nunca foram atingidos na história do Santos FC e é motivo de orgulho, como presidente, concretizar esta renovação".

A Panasonic
Instalada no Brasil desde 1967, a Panasonic do Brasil atua na venda de produtos eletrônicos nacionais e importados para o mercado nacional. Faz parte do Grupo Matsushita, que atua praticamente em todo o mundo e abrange 300 companhias e 250 mil empregados que produzem e comercializam produtos com as marcas Panasonic, National, Technics, Quasar e Ramsa. Este conglomerado teve início em 1918, com o sr. Konosuke Matsushita.A Matsushita se orienta através de um princípio básico. Como empresa, ela se utiliza dos recursos oferecidos pela sociedade, como pessoas, capital, bens e serviços. Em contrapartida, ela deve atuar para servir à sociedade. Portanto, o objetivo final da administração deve ser servir a sociedade como retorno pela utilização dos seus recursos.

A Matsushita procura oferecer tecnologia e produtos que elevem o padrão de vida das pessoas. Esse comprometimento com a sociedade vem sendo cumprido por mais de 80 anos. A Responsabilidade Social da Matsushita é citada nos Objetivos Básicos da Administração e os Sete Princípios que foram escritos pelo fundador, Konosuke Matsushita.

A Panasonic se compromete a servir à sociedade, atuando em harmonia com o meio ambiente e respeitando os direitos e necessidades de todos. Estas são as metas e os valores que todos os integrantes da Panasonic se comprometem como indivíduos e como parte da organização.