Fifa promete arcar prejuízo da copa

Seul - A falência decretada da empresa suíça de marketing esportivo ISMM-ISL (International Sports Media e Marketing e International Sports Leisure), uma das principais parceiras da Fifa para organizar as Copas do Mundo de 2002 e 2006, não vai trazer prejuízos aos países-sede (Japão e Coréia do Sul), garante a entidade máxima do futebol. O presidente Joseph Blatter afirmou nesta quarta-feira, em Seul, durante uma reunião com os dirigentes do Comitê Organizador Sul-Coreano (KOWOC), que a Fifa será responsável por qualquer dano financeiro.

Blatter reforçou a garantia com o sul-coreanos um dia depois de se reunir com o Comitê Organizador Japonês (JAWOC) e com as principais redes de televisão que vão transmitir os jogos. A ISMM possui os direitos mundiais de marketing da competição e a ISL os direitos de transmissão televisiva fora da Europa e dos Estados Unidos para as Copas de 2002 e 2006, na Alemanha.