Tênis: Brasil sediará uma das seis etapas da Copa Petrobras

 

Tênis: Brasil sediará uma das seis etapas da Copa Petrobras
18/10/2004
Circuito latino-americano de torneios challengers foi lançado nesta segunda, em Buenos Aires
Da Agência Placar

SÃO PAULO - O Brasil foi escolhido para sediar uma das etapas da Copa Petrobras, que será realizada em seis países e formará o maior circuito latino-americano de tênis. O lançamento oficial do evento foi nesta segunda-feira, em Buenos Aires, na Argentina. O Chile recebe a etapa inaugural, a partir de 1º de novembro, em Santiago. Depois, em mais cinco semanas consecutivas, a Copa Petrobras será disputada em Buenos Aires (a partir de 8/11), Santa Cruz (Bolívia - 15/11), Bogotá (Colômbia - 22/11), Aracaju (Brasil - 29/11) e Guadalajara (México - 6/12).

O grande diferencial da competição é proporcionar a jovens jogadores a oportunidade de participar de torneios de alto nível, com boa premiação e, tão importante quanto isso, somar pontos para o ranking mundial da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais).

“A Copa Petrobras veio para ficar”, afirmou Wilson Santarosa, diretor executivo de Comunicação Internacional da Petrobras. “Com o circuito, a empresa pretende promover a integração do povo latino-americano por meio do esporte”, completou ele. “A Petrobras escolheu a Argentina para ser a sede do lançamento oficial do torneio porque isso demonstra a importância deste país na internacionalização das atividades da companhia no mundo e especialmente na América Latina”, disse Alberto Guimarães, diretor geral da Petrobras Energia.

A competição está sendo promovida pela Octagon Koch Tavares (OKT), uma das maiores empresas de marketing esportivo do Brasil. A OKT, responsável também pelo mais importante evento de tênis brasileiro, o Brasil Open, fará toda a parte estrutural dos torneios nos países em que serão realizados.

A premiação de cada etapa será de US$ 50 mil, com a pontuação equivalente à de um torneio de US$ 75 mil. Para os tenistas, jogar um Challenger é o primeiro grande passo para participar dos torneios da Série ATP.

A Copa Petrobras vem preencher a lacuna deixada pela Copa Ericsson, realizada entre 1997 e 2001. O evento marcou época no tênis mundial, pois foi responsável pela entrada e ascensão no ranking de importantes nomes do tênis latino-americano e mundial. Por exemplo, no ano de 1997, quando a primeira edição foi realizada, apenas cinco jogadores latino-americanos apareciam na lista dos 100 melhores do ranking mundial. Já na edição de 2000, havia oito entre os 50 primeiros e um total de 14 entre os 100 melhores da ATP. Em 2004, temos nove tenistas latino-americanos entre os 50 melhores e um total de 14 entre os 100. A Copa Petrobras contribuirá para que esses números cresçam nos próximos anos.