Fifa anuncia lucro de U$ 113 milhões

estadao.com.br

20/02/2004

Zurique - A Fifa anunciou nesta sexta-feira que fechou o ano de 2003 com superávit de U$ 113,5 milhões, num resultado que deixou o presidente da entidade, Joseph Blatter entusiasmado. “Por fim está restabelecida a credibilidade financeira da nossa organização”, disse o dirigente. Este é o primeiro ano em que os resultados contábeis da Fifa são submetidos a uma auditoria internacional, desde a falência da ISL, em 2001.

“Agora podemos comemorar o nosso centenário com a convicção de que não somente estamos preservando o legado de nossos antecessores, como também fortalecendo as bases para garantir o futuro da instituição”, acrescentou Blatter.

Os problemas financeiros da Fifa começaram em 2001, quando foi decretada a falência da ISL - empresa de marketing esportivo que negociava os acordos de direitos de transmissão de jogos e patrocínios, além dos direitos de comercialização dos Mundiais de 2002 e 2006. A quebra provocou ainda o cancelamento do Mundial de Clubes, previsto para o ano seguinte na Espanha.