Rivaldo vira estrela de Marlene Mattos

Terça-feira, 28 de janeiro de 2003

COSME RÍMOLI E LUÍS AUGUSTO MONACO - Jornal da Tarde


Suas empresas se uniram para gerenciar em conjunto a carreira de jogadores de futebol

Rivaldo deu mais uma tacada em sua carreira de empresário. Há exatamente uma semana, no dia 21, a CSR - empresa de marketing esportivo da qual é um dos sócios - assinou uma parceria com a Sport People Marketing, que pertence a Marlene Mattos, a diretora da Rede Globo que cuidou da carreira de Xuxa durante quase 20 anos. O objetivo é gerenciar em conjunto a carreira de jogadores de futebol.

Marlene cuida dos interesses de aproximadamente 15 jogadores, dos quais a principal estrela é o meia Roger, ex-Fluminense e que pertence ao Benfica.

Ela chegou a ter quase 30 jogadores no ano passado, entre eles Athirson, Dida, Caio e Cris. A CSR administra a carreira de 30 atletas. Os mais conhecidos são o meia Sérgio Manoel e o atacante Genílson - muitos jogadores da empresa estão nas categorias de base.

Segundo Mauro Azevedo, agente Fifa que trabalha com a Sport People, Marlene escolheu Rivaldo por causa da imagem do jogador e também de sua origem. "Ela diz que o Rivaldo tem credibilidade e que confia muito em sua honestidade e lealdade. E considera que ela e o Rivaldo têm histórias parecidas, porque saíram de famílias humildes no Nordeste e hoje fazem sucesso." Marlene é maranhense e o craque, pernambucano.

"Estamos juntando forças", disse José Carlos Lages, diretor da CSR e também agente Fifa. Os custos e ganhos com os jogadores que assinarem com a parceria serão divididos meio a meio pelas empresas. Com os clientes antigos de cada um, a divisão será estudada caso a caso.

"Nós podemos arrumar um negócio para o Roger e o pessoal da Marlene pode arrumar para o Sérgio Manoel, por exemplo. Se isso acontecer, vamos sentar e combinar qual será a parte de cada um", explicou Lages. "A Marlene pode acrescentar muito para nós em termos de mídia, divulgação e imagem dos jogadores. E nós temos experiência em negociar jogadores e contratos."

O acordo não envolve a parceria existente entre a CSR e o Figueirense - a empresa administra o futebol do clube. "Nosso trabalho com o Figueirense é de co-gestão. Com a Marlene Mattos, vamos agenciar jogadores."

Com relação a Rivaldo - que é sócio da CSR mas como jogador tem sua carreira administrada pela empresa -, a Sport People não terá nenhum privilégio. "Se eles propuserem algum negócio envolvendo o Rivaldo, terão o mesmo tratamento que qualquer outra empresa ou pessoa que nos procurar com o mesmo propósito."